E você sem a sua música?

 

Destaquei alguns trechos do texto de Daniel Souza – recomendo a leitura no blog dele. Abaixo segue uma espécie de síntese do texto.

***

1Sm.16: 14-23 uma descrição de Davi

 Esta passagem bíblica sempre me impressionou. Sempre associei a Davi a imagem de um excelente músico. No entanto, certa vez o Espírito Santo me fez a seguinte pergunta: “quem é você quando não está tocando ou cantando? O que sobra quando não se esconde atrás de seu talento musical” A partir desta pergunta comecei a observar a vida de Davi com mais cuidado. Fiquei impressionado ao ver que a harpa era um “pequeno detalhe” em meio a grandes virtudes presentes em sua vida. Só nestes poucos versos encontramos várias virtudes associadas a Davi. Vamos esquecer, pelo menos por enquanto, que ele sabia tocar; vejamos o que sobra de Davi sem sua harpa:

SUBMISSÃO A AUTORIDADE Davi era um jovem que honrava e obedecia a seu pai. Com certeza ele estava com as ovelhas por ordem do pai. Quando este o chamou com a intenção de enviá-lo a Saul, não teve problema algum. Davi atendeu ao chamado e ao envio de seu pai.

CORAÇÃO DE SERVO Davi tinha grande disposição em servir. Ele ficou a disposição do rei Saul. Imagine o que é servir a um homem possesso. No entanto, ele vivia para servir. (…) Esquecendo-se de si mesmo, ficaria concentrado na necessidade de Saul, a fim de servi-lo.

CORAÇÃO DE PASTOR Davi apascentava as ovelhas de seu pai.  A ovelha é um dos, ou talvez, o mais dependente de todos os animais. A sensibilidade de Davi – virtude que não pode faltar a um pastor – foi aguçada no exercício do pastoreio com as ovelhas. Ali ele aprendeu valores como guiar, cuidar, proteger, suprir, zelar, dar a vida, etc. Posteriormente Deus levantou Davi como pastor da nação de Israel.

DISPOSIÇÃO E DISPONIBILIDADE Davi tinha disposição e disponibilidade para tudo. Era, como chamamos, “pau pra toda obra”. (…) Estas virtudes tendem a ser raridade em nossos músicos.

UNÇÃO E AUTORIDADE A unção e a autoridade de Davi é claramente comprovada no sucesso que ele tinha na luta contra o espírito maligno. Unção e autoridade são virtudes resultantes de vida reta diante de Deus. Atos 19: 13  17

FORÇA E VALENTIA Davi era forte e valente. Convenhamos, irmãos, ser requisitado para ministrar a um possesso exige muita força e valentia. (…)Prevaleceu porque tinha um espírito forte e valente.

GUERREIRO Davi era um guerreiro. Ele se tornou um dos mais conhecidos personagens da bíblia por ter matado Golias, um gigante de quase 3 metros de altura. Somos homens e mulheres de guerra ou não? Nosso chamado exige espírito guerreiro (Ef.6.10-18)

SISUDO EM PALAVRAS Davi não era um tolo qualquer. O tolo fica exposto através de suas palavras. Jesus mesmo disse que o que sai da boca procede do coração e contamina o homem (Mt.15.18).

BOA APARÊNCIA Boa aparência fala de bom testemunho e não apenas de beleza física. Davi mantinha um bom testemunho diante de Deus, de seus familiares e dos demais homens. Na casa de Saul alguém testemunhou sobre Davi. Não foi Davi quem procurou a “vaga” profética. Alguém deu testemunho sobre ele.

COMUNHÃO COM DEUS ” O que sobra quando não estamos “escondidos” atrás de nosso talento musical?

É de se pensar e pedir misericórdia a Deus. No entanto, se houver algum problema em tua vida, meu irmão, em Cristo tudo pode ser restaurado. Não temas! Busque ao Senhor e aos teus líderes.

No amor de Jesus, Daniel Souza.



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s