Piscina da vida: pequenos detalhes, grandes distrações

Hoje (2 de novembro) algumas pessoas virão a minha casa. Nesse tipo de programação é muito comum termos de nos preparar no dia anterior. Fazemos a limpeza da casa. Organizamos as coisas que estão fora do lugar e procuramos deixar tudo nos “trinques”.

Uma das coisas que tem de estar pronta é uma piscina. Uma daquelas que voce enche com a mangueira. A piscina começou a ser enchida as 23hs. De tempos em tempos era necessário checar em que altura estava a piscina. Lá pelas 01h da madruga tínhamos que que checar novamente em que nível estava nossa grande banheira. Porém sem muito sucesso. A agua ainda estava la em baixo.

As 1h30 pouco tinha evoluído.

2h quase o mesmo.

2h30: Alguma coisa está errada!

Meu amigoAnderson Paz foi checar a situação para saber porque tanta demora para encher míseros 3000 litros de uma piscina infantil. E por incrivel que pareça nenhum de nós havia notado que o buraco utilizado para esvaziar a piscina estava aberto. Resultado: a piscina estaria cheia apenas no fim do feriado.

A reflexão foi imediata.

Normalmente ouvimos pessoas dizerem que não sabem como o dia passou tão rápido. Ou ainda há os que dizem não entender por que o dia não tem 25 horas. Absurdos a parte é fato que temos muita demanda para pouco tempo. E que é difícil se administrar no meio de tantas ofertas de entreternimento para nós.

Pensando nisso há alguns dias reorganizei minha agenda semanal listando todas as atividades cotidianas que preciso fazer durante a semana. Fiz isso e por incrivel que pareça consegui perceber que não me falta tempo. Me falta melhor organização do tempo.

Acontece que elaborar isso me fez ver que alguma coisa estava me impedindo de aproveitar melhor o tempo. Na real, estou cansado de viver em função de apagar incêndios. Prefiro algo mais premeditado. Eu sei que enquanto voce lê isso deve estar pensando: Ah desculpla Flexa mas isso não rola comigo! É impossível premeditar tudo que se faz. É fato que dificilmente conseguiremos prever tudo que faremos. Porém nem por isso deixaremos de organizar o que é possível.

A relação que tudo isso tem com a piscina é que cheguei a uma conclusão. Creio que há uma maneira mais fácil de desperdiçar tempo. É deixar ele escoar por pequenas distrações. Pois são essas as que nos enveredam com mais facilidade. São elas que nos fazem dizer que dá pra fazer tudo e ainda “me divertir um pouquinho”. Ningume me entenda mal como um antagonista de todo descanso. Não é nisso que creio.

Porém, é muito fácil em nossos dias nos entregarmos a uma dieta de pequenos descansos. Mas esses tornam se mais frequentes do que o recomendável. Isso consome tempo e tempo é vida. Acho que este post já está longo demais e minha idéia já foi transmitida. Pequenas distrações trazem grandes estragos. Ou quem nunca deixou de perder uma madrugada por causa de “só mais um videozinho que queria assistir” ou mais uma “coisinha que queria ver”. Não cabe a nós dominar tudo o que acontece em nossas vidas. Elas pertencem a Deus. Porém tampouco é certo nos entregarmos a uma disposição que com certeza com o passar do tempo tende a ser muito danosa para nós. Vigie o que voce faz com seu tempo, meu caro. Voce mesmo será o beneficiado. Tenho dito.

Anúncios

6 Comentários on “Piscina da vida: pequenos detalhes, grandes distrações”

  1. Larissa disse:

    Massa! Eu sou uma que preciso vigiar com o que faço do meu tempo… o desperdiço demais.
    Mas tbm refleti no desperdício da água… ahahaha… precisamos preservá-la afinal de contas, né? 😉

  2. Flexa da Silva, vocês fizeram churrasco e não me convidaram! não acreditooooo!

    *caham*

    fazia tempo que você não escrevia! estava achando já que tinha desistido do blog. essa analogia da piscina, da água escorrendo, pesou pra mim. eu já muito isso de perder a madrugada assistindo video no youtube, fuçando na internet, perdendo tempinho que é precioso. não que você tenha que virar um neurótico, proibido de ter um lazer, mas é importantíssimo vigiar. porque a gente se distrai muito fácil.

    continua escrevendo!

    beijo!

  3. campanha pela atualização do blog!

    QUEREMOS TEXTO NOVO! QUEREMOS TEXTO NOVO! \o/

  4. Clarissa disse:

    Uma grande verdade! ou melhor: preciosa. Quero praticar isso, cara!

    Ah, vou pegar esse texto para a revista do João Leite, ok? E o nome da seção é “diário de bordo” rs

    bjos
    saudades

  5. Thiago Moraes Zizuel disse:

    É uma grande verdade, não só sobre o tempo que desperdiçamos da nossa vida, mas sobre a própria vida que desperdiçamos com os muitos furos e buracos que damos um jeito de criar pra que a água da vida vá, aos poucos, sendo minada do nosso interior… Ótimo Flexa, pequenas coisas do cotidiano podem nos trazer grandes lições mesmo… em tudo o Senhor opera mesmo.

    Deus te abençoe meu querido! Um abraço!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s